domingo, 21 de novembro de 2010

‎" Chance... "

Comece o seu dia sorrindo para você.Sorria e contagie-se com a alegria de amar a si mesmo.Ame-se, como o Pai o amou desde o instante em que você foi gerado.A vida só poderá ofertar o seu melhor para quem o melhor se oferta.Dê a você as oportunidades de entendimento e de perdão.
E, equilibrado, seus voos para esferas grandiosas serão intermináveis.Tudo isso é possível.Tudo isso lhe pertence.Basta apenas que você se dê essa chance...
Todos os dias temos a chance de fazer tudo da melhor maneira, basta realmente desejar.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Pra Quem Gosta de Nós!

Formataram a mentira, deram nome, nickname Sem a senha, só em sonho, impossível acessar
Pra quem gosta de nós é um prato cheio Lenço no pescoço, laço no rodeio pra quem gosta de nós
Mapearam o genoma, o acaso vai dançar Sem a senha nem em sonho, impossível disfarçar
Pra quem gosta de nós é um prato cheio Vela vai veloz vamos sem receio pra quem gosta de nós
Asfaltaram os caminhos que voltam ao mesmo lugar
Sem a senha só em sonho, impossível avançar
Pra quem gosta de nós é um prato cheio Tudo amarrado, caminho do meio pra quem gosta de nós
Pra quem gosta de nós é um prato cheio Corda no pescoço, vamos sem rodeio 
Pra quem gosta de nós é um prato cheio Vento vai veloz, vamos sem receio Tudo amarrado, caminho do meio
Pra quem gosta de nós é um prato cheio...
(Humberto Gessinger)

domingo, 14 de novembro de 2010

Sobra Tanta Falta (O Teatro Mágico).

Falta tanta coisa na minha janela
Como uma praia
Falta tanta coisa na memória
Como o rosto dela
Falta tanto tempo no relógio
Quanto uma semana
Sobra tanta falta de paciência
Que me desespero
Sobram tantas meias-verdades
Que guardo pra mim mesmo
Sobram tantos medos
Que nem me protejo mais
Sobra tanto espaço
Dentro do abraço
Falta tanta coisa pra dizer
Que nunca consigo
Sei lá,
Se o que me deu foi dado
Sei lá,
Se o que me deu já é meu
Sei lá,
Se o que me deu foi dado ou se é seu
Sei lá... sei lá... sei lá....
Se o que deu é meu...
Vai saber,
Se o que me deu , quem sabe?
Vai saber,
Quem souber me salve
Vai saber,
O que me deu, quem sabe?
Vai saber,
Quem souber me salve...

video

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Paizão - Saudades Sem Fim...

A Saudade é diária, te encontro em todas as esquinas, te encontro no ar, na chuva, na oração, nas milhas lembranças. Paizão, te sinto sempre por perto, hoje é um dia de lembrar de quem já partiu...Eu lembro de ti todos os meus dias...
A saudade não avisa, vem chegando bem devagar e quando menos espero ela chega, entra sem bater e vai ficando, com ela vem as melhores lições, os melhore conselhos, as melhores melodias, os mais belos versos de um belo poema, o qual construimos juntos.
Agradeço todos os meus dias, por ter a honra de ter recebido um belo pai, lindo por fora, mas muito mais lindo por dentro, a essência mais pura, o olhar mais cheio de palavras que vi, as mãos mais caridosas, a ideologia de um mundo sem diferenças.
Tenho comigo que esse ser tão puro e verdadeiro foi e sempre será o meu anjo, que me acompanhou , me segurou no colo, enxugou minhas lágrimas tantas vezes, cantou cantigas de ninar, leu as mais belas histórias e me transformou em uma mulher.
As únicas coisas que realmente ficam são os ensinamentos de como devemos viver, e as boas lembranças.
 Não deixemos que o tempo apague os doces momentos que passamos com as pessoas que sempre amaremos...
Giovanna Dornelles